#6 Custos Com Estoque Que Você Pode Evitar Agora

Nós, como todo empresário, temos nossos olhos voltados para o lucro do negócio.
Como vocês já puderam acompanhar no post do Fechamento de Janeiro, nós gostamos muito de analisar todos os dados e estatísticas do nosso negócio afim de monitorar seu crescimento e lucratividade.

O lucro é originário da diferença entre o preço de venda e o custo de produção.
Como nas Vending Machines o preço de venda não se altera (a não ser que se troque a catraca), precisamos focar 100% dos nossos esforços no controle de nossos custos.

Além dos custos diretos dos produtos, existem também os custos indiretos, entre eles os custos relacionados ao estoque que serão o tema deste artigo.
A adoção de algumas simples práticas de Controle de Estoque podem evitar despesas relevantes ou trazer boas economias para nosso negócio.

FDL Archive #6 Custos Com Estoque Que Você Pode Evitar Agora
Não queira ver seu estoque assim!

Abaixo, vamos listar os 10 custos mais comuns para os operadores de Vending Machines e dicas de como evitá-los.

#1- Custo de Oportunidade

O primeiro é o mais comum de todos, existe em qualquer tipo de negócio.
Sabe quando você compra toneladas de estoque e fica com ele 6 meses parado? Pois bem, você certamente poderia ter comprado uma menor quantidade de produtos e investido o dinheiro em outras máquinas por exemplo.
Apesar de ser uma despesa não-caixa, o custo do dinheiro parado ou mal aplicado é um mal que deve ser evitado.
Dica: Faça uma projeção com base no histórico das suas vendas. Evite comprar mais que o necessário.

#2- Custo de Colocação do Pedido

Este é o custo fixo de cada pedido que você tem de fazer.
Ele está mais presente na vida dos operadores que fazem suas compras de produto pela internet.
O exemplo é fácil.
O que vale mais a pena: Fazer um pedido de 5.000 chicletes pagando R$100 de frete, ou, fazer 2 pedidos de 2.500 chicletes pagando R$70 de frete em cada um?
A primeira opção é sem dúvida a melhor escolha.
Dica: Tente consolidar vários pedidos em um só. Tome cuidado para não comprar em excesso e não cair no custo #1.

#3- Custo de Desconto de Preços

Você já viu aqueles vendedores de cerveja refrigerantes com a clássica promoção 1 por R$3, 2 por R$5?
O custo de descontos mora nela.
Se você faz vários pedidos pequenos pode estar perdendo a oportunidade de conseguir um bom desconto num único pedido grande.
O princípio é o mesmo do custo #2, quanto maior seu pedido menores os custos.
Dica: Antes de qualquer compra, sempre simule um pedido pequeno com seu fornecedor.
Nesta simulação ele te passará o preço normal dos produtos. Após isto, faça o pedido real (maior) e peça desconto pela quantidade!


#4- Custo da Falta de Estoque

Este é o custo da venda não feita.
Ele vem do risco de não haver produto na hora que seu consumidor está na máquina para comprar.
Para garantir que não faltarão chicletes, bolinhas etc nas suas máquinas sempre estabeleça um ESTOQUE DE SEGURANÇA.
Dica: Acompanhe o blog pois faremos um post específico sobre este assunto! 


#5- Custo de Armazenagem

Refere-se ao valor gasto com a armazenagem de estoque.
Um bom exemplo é o aluguel de uma sala ou depósito para guardar os seus produtos. Quanto mais estoque parado maior o tamanho do depósito necessário, e assim, mais custos.
Mantendo um nível de estoque saudável nós evitamos esta despesa.
Dica: Se você não é um MEGA operador, provavelmente não precisará deste espaço. Porém, a medida que os negócios crescem, a sua garagem fica pequena para acolher o grande volume de caixas.
Evite ao máximo alugar um espaço para depositar seu estoque. Lute com unhas e dentes contra isto.


#6- Custo de Obsolescência

É o risco de seus produtos estragarem, afinal ninguém vai vender produtos com a validade vencida.
Esta dica serve mais para quem opera com produtos perecíveis como chicletes, balas, bebidas e salgadinhos.
Dica: Faça um controle em excel de todos os produtos comprados com a data de validade de cada lote.
Dê preferência por colocar à venda produtos que estarão vencendo antes.

Estoque+Organizado #6 Custos Com Estoque Que Você Pode Evitar Agora
Gestão de Estoque

Vale a pena “perder” um tempo analisando e pensando na melhor forma de se fazer os pedidos. Uma vez que você torne suas compras mais eficientes dificilmente voltará a cometer os mesmos erros do passado.
Planejamento é fundamental.

Para facilitar a vida segue o link para a página do SEBRAE onde é possível baixar um material explicando um pouco do conceito de gestão de estoques. Neste material eles também mostram como montar uma planilha de controle. (entre na página e clique no botão para mais informações, ele fará o download automático do documento em Word)

http://www.sebrae.com.br/uf/goias/para-minha-empresa/controles-gerenciais/controle-de-estoque
http://www.sebrae.com.br/uf/goias/para-minha-empresa/controles-gerenciais/controle-de-estoque

E vocês, o que fazem para diminuir estes custos?

Abraços,
Antonio

 

Mande suas dúvidas para duvidas@vendingmachinesocialclube.com
Siga-nos nas redes sociais:

Copyright (c) 123RF Stock Photos

Sobre Vending Machine Social Clube

Antonio é autor do blog Vending Machine Social Clube, que tem como objetivo compartilhar experiências no mercado das Vending Machines.

6 Comentários

  1. Rafael

    Alguem tem a maquina mb25 de duas polegadas, alguem sabe como regular para capsula 2??? se precisa tirar molas ou nao??

    Responder

  2. Olá Antônio, queria tirar uma dúvida, com relação aos produtos que estão nas máquinas, instaladas nos pontos, vc contabiliza como estoque? Pra vc a máquina deve estar sempre cheia até a tampa?
    Obrigado,
    Rodrigo.

    Responder
      1. Yuri

        Olá, estou lendo todos os posts e logo logo comprarei minha máquina. Mas porque não gostam de encher as máquinas até a tampa? Não demoraria mais pra acabar o estoque e consequentemente mais vendas?

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>