Nunca Mais Perca Vendas Usando Estoque de Segurança

Conforme prometido no post #6 Custos Com Estoque Que Você Pode Evitar Agora, vamos dedicar esse post ao #4, o Custo da Falta de Estoque.

Você já passou pela situação de estar sem estoque quando o consumidor queria comprar seu produto, perdendo assim a venda?

out of stock Nunca Mais Perca Vendas Usando Estoque de Segurança

Este é um fato extremamente desagradável, tanto para o vendedor quanto para o comprador, e que ocorre com relativa frequência.

Isto acontece geralmente por conta da grande vontade dos operadores de diminuir seus custos, conforme explicado no post anterior. (se você não leu, recomendamos que o faça agora clicando aqui)
Na tentativa de maximizar o lucro, tendemos a diminuir ao máximo nosso estoque e as vezes exageramos na dose.

Para garantir o equilíbrio precisamos de uma boa previsão de vendas futuras e também determinar um nível saudável para o Estoque de Segurança.

O Estoque de Segurança

Ele nada mais é do que uma parcela do estoque que você não deseja usar, estando lá apenas para emergências.
Sua função é fornecer uma segurança a mais em casos de variações inesperadas ou fatos que você não pode prever, garantindo a continuidade da operação e principalmente das vendas!
No Wikipedia tem uma analogia muito boa do Estoque de Segurança com as Caixas D`água de nossas casas.
Se elas não existissem, a menor interrupção no fornecimento nos deixaria sem água.

Vamos exemplificar:
Imagine que você tem apenas 1 máquina, com 20 chicletes dentro.
Sua venda média é de 5 chicletes por dia, então, teoricamente, seu estoque duraria 4 dias.
A partir destes números você sabe que está na hora de reabastecer a máquina, então faz um pedido pela internet de mais 500 chicletes que deverão ser entregues em 2 dias.
Até aí tudo certo.
A encomenda chega em dois dias, você abastece sua máquina e continua as vendas.

Mas vamos supor que a transportadora tenha um problema e sua encomenda chegue em 6 dias ao invés de 2.
Seu estoque provavelmente acabará e você ficará 2 dias “descoberto”, sem poder fazer nenhuma venda.

Este é o tipo de variação inesperada ou fato imprevisível já que ninguém pode imaginar que a transportadora vai atrasar a entrega.

Um outro exemplo de como isto pode acontecer seria com erros na previsão de vendas.

Imagine a mesma máquina acima, com o mesmo número de chicletes em estoque.
Só que o problema fato agora é que no dia seguinte aparece uma pessoa que compra todas as 20 bolinhas.
Você vai ficar 3 dias sem estoque na sua Vending Machine e também perderá estas vendas.

Como Calcular o Estoque de Segurança?

Este é um tema muito abordado nos cursos de administração, onde eles ensinam uma fórmula um pouco complexa para o cálculo.
Para que se tenha uma ideia, vamos colocar a fórmula abaixo.
(não pare de ler depois que vir a fórmula, vamos explicar o método simplificado que nós utilizamos)

8cd8e6e1ace7e4954f951b78b944fc13 Nunca Mais Perca Vendas Usando Estoque de Segurança

Apenas a título de curiosidade, as legendas são:

ES – Estoque de Segurança
Z – Valor Tabelado
D – Demanda Média
T – Tempo de Entrega
σ- Desvio Padrão da Demanda
σt - Desvio Padrão da Entrega

Calculo+Estoque Nunca Mais Perca Vendas Usando Estoque de Segurança

Como nós fazemos nosso cálculo?

Já que não temos o tamanho de uma AMBEV, a diferença financeira entre usar a fórmula acima ou o método simplificado é muito pequena. Para uma empresa multinacional certamente vale a pena usar a primeira opção, pois cada economia de 0,1% pode representar milhões de reais.

O método simplificado que utilizamos consiste em elaborar uma previsão de vendas futuras com base no nosso histórico.
Pegamos a média de vendas diária do último mês e ajustamos o estoque de segurança para 10 dias.
Colocando isto em números, se nossa média diária em janeiro foi de 5 chicletes por dia, nosso estoque de segurança em fevereiro será de 50 chicletes.
Como o prazo de entrega que estamos acostumados fica em torno de 3 dias úteis, acreditamos que os 10 dias nos dão uma margem de segurança confortável para trabalharmos.

Em tempo, respondendo a pergunta feita no início do post, felizmente nunca perdemos venda por falta de estoque. Nós já conhecíamos o conceito do Estoque de Segurança e aplicamos desde nosso primeiro dia como operadores.

Algum de vocês já utiliza?
Compartilhem seus comentários!

Abraços,
Antonio

Mande suas dúvidas para duvidas@vendingmachinesocialclube.com
Siga-nos nas redes sociais:

Copyright (c) 123RF Stock Photos

Sobre Vending Machine Social Clube

Antonio é autor do blog Vending Machine Social Clube, que tem como objetivo compartilhar experiências no mercado das Vending Machines.

4 Comentários


  1. Sempre compramos produtos para estoque de diferentes tipos, só o chiclete que não trocamos, mas bolinhas, brinquedos, sempre deixamos para estoque e sempre com estoque variado de produtos. Também possuímos um pequeno estoque de catracas para máquinas, pois se acontecer algum problema é só trocar rapidinho !!! na minha opinião vale a pena manter uma catraca de cada tipo de máquina que você tem em estoque.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>