Nossa História – Parte 2

Continuando com nossa história, neste post falaremos do primeiro ponto que conseguimos.
Se você não leu a parte 1, clique aqui.

fita Nossa História   Parte 2

O Primeiro Ponto

Depois de comprar e montar nossa primeira máquina, eu e Charles não conseguíamos nos conter de ansiedade.
Resolvemos sair no dia seguinte em busca de um ponto para instalar a máquina.
O dia era um sábado, ensolarado e de muito calor, mas não estávamos nos importando com isto. Mesmo enquanto nossos amigos iam para piscinas e afins nós partimos firme e fortes rumo ao início do nosso negócio.

Acabamos por fim, visitando 22 pontos entre sábado e domingo.
Ouvimos de tudo. Pessoas que não queriam a máquina de jeito nenhum, pessoas que acharam nossa proposta baixa, pessoas que queriam comprar as bolinhas por R$0,50 centavos e revendê-las por R$2,00 etc. (a nossa catraca era de R$1,00, mas mesmo depois de explicar isto a pessoa continuava querendo vender por R$2,00. Tem doido pra tudo!)

Cadastramos todos estes pontos numa planilha de excel que elaboramos, e até hoje recorremos a ela quando precisamos instalar novas máquinas.

No final do domingo, depois de visitar 21 pontos, já estávamos cansados e quase desistindo.
Foi quando resolvemos parar numa banca de jornal, perto do trabalho do Charles.
Conversamos com o dono do ponto e ele aceitou a nossa proposta na hora, sem nem perguntar nada. Inclusive pediu que deixássemos a máquina lá no dia seguinte de manhã cedo.

E foi exatamente o que fizemos.

Acordamos cedo e deixamos a máquina conforme combinado.
A banca ficava dentro de um condomínio de prédios, em frente a um centro comercial.

A máquina está lá até hoje, embora suas vendas não sejam tão boas quanto no início.

A Remuneração Acordada

A remuneração proposta foi como uma “escadinha”.
O percentual de remuneração do jornaleiro dependia da sua performance de vendas diárias.
Quando mais bolinhas vendia por dia, maior o percentual do faturamento que seria pago ao jornaleiro.

Foi neste momento que nasceu a escadinha do VMSC.
Como o blog não era nem projeto ainda, ela era chamada apenas de escadinha mesmo.
Depois que o blog foi criado resolvemos estilizar o nome! rs

- No próximo capítulo falaremos do uso dos cartões e da segunda máquina comprada! Aguardem


Abraços,
Antônio

Mande suas dúvidas para duvidas@vendingmachinesocialclube.com
Siga-nos nas redes sociais:

Sobre Vending Machine Social Clube

Antonio é autor do blog Vending Machine Social Clube, que tem como objetivo compartilhar experiências no mercado das Vending Machines.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>