Como Mudar Seus Hábitos

8862209098 2ed152abcd o 300x300 Como Mudar Seus Hábitos“Nós somos criaturas de hábitos.”

Você provavelmente já ouviu esta frase antes. Mas quais são os hábitos que nos fazem exatamente? Como eles são formados? Porquê são importantes? E como podemos criar bons hábitos?

Os hábitos são atitudes e coisas que fazemos inconscientemente, de forma automática. É algo que já está tão enraizado em nossa rotina, em nosso dia a dia, que fazemos sem perceber. Isso pode ser péssimo, ou maravilhoso. Mas primeiro, vamos entender os três passos da formação de um hábito.

Os três passos para formação de um hábito

O primeiro passo consiste na lembrança, também chamada de gatilho. Ela permite que seu cérebro saiba quando deve entrar em “modo automático”.

O segundo passo é a rotina. Isso é o que de fato você faz. A rotina está intimamente ligada à lembrança ou gatilho. Bons exemplos são: você escova os dentes (depois do banho), ou pega o celular (assim que acorda) etc.

O terceiro passo é o reforço. É aqui que seu cérebro decide se ficou satisfeito com a forma pela qual os acontecimento se deram e se vale a pena continuar agindo assim no futuro por conta disso.

Usando os exemplos anteriores, no primeiro (escovar dentes), você se sente mais limpo, no segundo, sacia sua ansiedade por notícias e novidades.

Se seu cérebro considerar que os resultados destas ações são bons, isso será um ótimo indicativo na próxima vez.

Formando bons hábitos

Para criar bons hábitos é preciso entender que os três passos precisam coexistir. Não adianta você querer muito praticar algo regularmente sem respeitar a forma como seu corpo e cérebro funcionam.

Você tem que garantir o fornecimento de um gatilho (lembrança) e uma recompensa (o resultado final da ação) para que a tendência da repetição seja maior.

Entender sua rotina e saber o que te motiva te ajudará imensamente nessa caminhada.

Quebrando maus hábitos

“Bad habits are too light to be felt until they are to hard to be broken.” Warren Buffett

Em tradução livre: Os maus hábitos são muito leves para serem sentidos até se tornarem muito fortes para serem quebrados.

Quebrar maus hábitos tende a ser mais fácil do que criar os bons. Lembre-se que um hábito depende dos gatilhos e das recompensas. Isso significa que, para destruir um hábito ruim, basta você remover um destes passos.

Normalmente o mais simples é remover o gatilho.

Você se sente tentado toda vez que recebe um e-mail com ofertas de produtos (que você não precisa) com descontos? Acaba comprando o que não deve? Experimente se descadastrar dessa lista de e-mails. Desta forma você não receberá mais estas ofertas e evitará gastos desnecessários.

Trabalhando seus hábitos

Agora que você já sabe um pouco sobre a formação dos hábitos, pode colocar em prática algumas destas lições para melhorar sua qualidade de vida.

Mas é preciso que você tome essa atitude.

Apenas saber o que deve ser feito não resolverá sua vida. É preciso que você se dedique e faça as coisas acontecerem.

Em minha opinião, esse é o principal hábito que deve ser transformado em cada um de nós. Fazer as coisas acontecerem.

A maioria de nós deixa as coisas para depois e acaba nunca dando o próximo passo. No momento achamos que tudo faz sentido, temos muita vontade de aplicar em nossas vidas, mas alguma barreira mental não nos permite começar naquele momento. E na maioria das vezes que deixamos para depois……bom……todos sabemos o que acontece…….NADA!

Como sugestão minha, tente se conhecer melhor.

O que te impede de tomar as atitudes? As coisas que você deixa para depois são esquecidas?

Posso falar do meu exemplo pessoal: tudo que eu deixo para depois cai no esquecimento. Por isso, sempre tento fazer as coisas que lembro naquele exato momento. Se não for possível, normalmente crio um lembrete para mim mesmo de forma que aquele assunto não caia no esquecimento e reapareça no momento certo para ser resolvido.

E você, que hábitos tem te ajudado na caminhada rumo à independência financeira? Quais são seus gatilhos? E suas recompensas? Você já conseguiu criar um novo hábito ou quebrar um hábito ruim?

Compartilhe com a gente sua experiência!

Uma boa semana a todos.

Antonio

PS: Mande suas dúvidas para duvidas@vendingmachinesocialclube.com

Se você ainda não se cadastrou em nossa newsletter, clique no link abaixo e ganhe de presente um pacote com 28 artigos essenciais sobre as Vending Machines!

http://lp.vendingmachinesocialclube.com/pacote-28-artigos-essenciais/

Crédito: Christopher

Sobre Vending Machine Social Clube

Antonio é autor do blog Vending Machine Social Clube, que tem como objetivo compartilhar experiências no mercado das Vending Machines.

4 Comentários

  1. Reginaldo

    Fantástico esse artigo!! Parabéns escreva mais desses.
    Reginaldo Padilha

    Responder
  2. Roger

    Muito bom post!

    Amigo, gostaria de saber, já vasculhei mas não encontrei muita coisa sobre. Gostaria de uma máquina pequena, que vi bastante na china. Essas máquinas são permitidas no Brasil? Preciso fazer muitos trâmites via inmetro ou algo do tipo?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>